01 abril 2007

Reflectir...

Bolonha é já realidade. Mais pela forma que pela substância!

Vale a pena reflectir sobre o insucesso em algumas cadeiras, p.e., por que será que Metodologia tem inscritos mais de 400 alunos e Obrigações mais de 300?

Aos alunos compete estudar, participar e adquirir conhecimentos mas a culpa ficará por aí?

O calendário de exames em vigor não estará a dificultar o sucesso dos alunos?

Inviabilizando uma época especial (post-férias) não se estará a contrariar o princípio da igualdade no tratamento de alunos?

Sem polémica e serenamente, não deviam as instituições representativas dos alunos reflectir, analisar e propor soluções realistas?

Sendo académica, a questão é real e são nefastas as suas consequências.

CQ

5 Comments:

At 02 abril, 2007 14:28, Anonymous Anónimo said...

Enfim, os "senhores" do nosso curso continuam sorrindo e cantando como se nada fosse!
Enquanto que alunos de outras faculdades alcançam médias altíssimas, com as quais não podemos competir, nós ficamo-nos pelas notas tiradas a ferros...
A taxa de reprovações (num curso "normal") daria lugar a um pedido de satisfações, no mínimo, a quem de direito.
A adaptação do curso a Bolonha é uma perfeita sarrabulhada...
A reflectir.

 
At 02 abril, 2007 14:48, Anonymous Anónimo said...

Perguntem: qtos estudantes-trabalhadores acabam o curso?
Há exigências a mais para ensino a menos!!! As cadeiras de alguns profs são piores que a subida do EVerest.

 
At 03 abril, 2007 19:52, Anonymous Anónimo said...

e pq será q este curso na Uminho tem + alta taxa de insucesso do país?
Há nesta casa muitos docentes q são nulos em pedagogia!!! Pensam q têm estatuto com mtas reprovações!!! Coitados, são uns tristes.

 
At 04 abril, 2007 14:56, Anonymous Anónimo said...

Já para não falar das correcções de exames que duram meses...
Veja-se o caso de Filosofia do Direito: 3 meses e sem perspectivas!
Com docentes destes, talvez a Independente não seja má opção.

 
At 15 abril, 2007 10:08, Blogger Jam said...

Não é só o calendário de exames, mas esse é de facto gritante.

Mas repare só no 2º semestre. Aulas começaram em Março, houve 3 semanas consecutivas preenchidas com conferências e coisas do género e depois férias. Esta primeira semana gata na praia, esta que vem agora vai ser mais outra semana com conferências, precisamente da Elsa. Muito em breve virá o Enterro da Gata e no fundo, quase não se tem aulas. Se nas anuais ainda é relativamente suportável, a pedagogia em cadeiras semestrais tende a tornar-se deplorável.

 

Enviar um comentário

<< Home