09 abril 2007

"Avaicho os intelequetuais!"

De Manuel António Pina, na revista Visão, 15.Março, respigo este pedaço de prosa:

"Nas universidades, os estudantes que estudam em vez de copiar nos exames são «marrões» e os poucos que lêem são «ratos de biblioteca», sendo que o problema não é serem «ratos» (ser «rato», na política, nos negócios, na vida em geral, é um elogio que se agradece com um sorriso de modéstia), o problema é serem, bleugh!, de «biblioteca».

Um estudante «rato» é o que consegue tirar o curso sem ter lido um livro e que, metendo pela via rápida de qualquer juventude partidária, em pouco tempo chega a assessor de uma Secretaria de Estado, enquanto o colega «intelectual» continua estupidamente encafuado na biblioteca a preparar o mestrado para poder inscrever-se num Centro de Emprego."

1 Comments:

At 12 abril, 2007 12:23, Anonymous olivia santos said...

Infelizmente, é a mentalidade que nos rodeia!

 

Enviar um comentário

<< Home